Quem Somos

Recife, Pernambuco, Brazil
Blog criado por um grupo do Núcleo de pesquisa da FAFIRE em 2010 e que conta com Orientação do professor de geografia Dr. Jorge Araújo e tendo como pesquisadores os alunos do curso de Turismo Maria Alice Rocha e Rayza Oliveira.

sábado, 29 de dezembro de 2012

OLINDA VIVENCIA COM INTENSIDADE O NATAL 2012




Foto de Paloma Camarotti


Foto de Paloma Camarotti




Foto de Paloma Camarotti



A Igrjeja de Nossa Senhora do em Olinda-PE, ( a primeira Igreja da Ordem dos Carmelitas erguida na América Latina) que foi reaberta este ano, com uma Missa Solene de entrega das obras de restauração no dia 05 de agosto de 2012, após ficar fechada durante .....anos, retomando seu caráter renascentista original, em sua área externa, foi palco de um dos maiores presépios em tamanho natural. Uma excelente opção para visitação ao belo Presépio e ao Monumento que é uma resistência de 400 anos de história.

Localização: Praça do Carmo - Olinda - PE.

Postado por: MARIA ALICE ROCHA


quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

A CASA DO CARNAVAL REALIZA INSCRIÇÕES PARA O SEMINÁRI0 DO CARNAVAL DO RECIFE


No período de 26 de dezembro de 2012 a 04 de janeiro de 2013, a CASA DO CARNAVAL realizará as inscrições para o Seminário do Carnaval do Recife. Entre os assuntos debatidos no seminário destacam-se: o cotidiano das agremiações carnavalescas, a cadeia produtiva da festa, as agremiações e suas singularidades (personagens, música, fantasia, enredo, coreografias).
A atividade será realizada no período de 14 a 18 de janeiro, no auditório da Livraria Cultura, das 14h às 18 horas.
O seminário é direcionado a carnavalescos, estudantes, pesquisadores das áreas de coreografia, artes plásticas, história, turismo, artes cênicas, design gráfico, música, entre outras pessoas interessadas em compartilhar experiências sobre a complexidade que envolve a festa. Essa atividade integra a primeira etapa do processo seletivo dos jurados do Concurso de Agremiações Carnavalescas promovido pela Prefeitura do Recife. Aqueles que tiverem 70% de freqüência receberão certificado de participação.

Período de inscrição: 26 de dezembro de 2012 a 04 de janeiro de 2013
Local: Casa do Carnaval Horário: 10h às 16 horas


Postado por: MARIA ALICE ROCHA

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Ultimo Clube do Samba Deste Ano, Acontece No Próximo Domingo 23 De Dezembro, No Baile Perfumado.





A sambista pernambucana Karynna Spinelli encerra o calendário de 2012 do Clube do Samba de Recife com uma grande edição de fim de ano do projeto, neste domingo (23), no Baile Perfumado. A roda de samba começa às 14h e contará com participação de Dorina, grande nome do samba carioca. O evento ainda terá a participação de Josildo Sá, Hebert Lucena, Belo Xis, Welligton do Pandeiro, Edilza, Peu Queiroga, Lia Morais, entre outros. Como de costume do projeto, a entrada custa R$ 10 + 2kg de alimentos não perecíveis, que serão doados à vítimas da seca.



Postado por: MARIA ALICE ROCHA


sábado, 15 de dezembro de 2012

A CASA DO CARNAVAL INAUGURA MAIS UMA EXPOSIÇÃO




Foto: Agenda Cultural dez/2012
  

No Pátio de São Pedro encontramos vários equipamentos de cultura da cidade do Recife, o Mamam no Pátio, uma filial do Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães; o Museu de Arte Popular; o Centro de Design do Recife; os Memoriais Luiz Gonzaga e Chico Science, o Departamento de Patrimônio e Cultura da Cidade, o Núcleo de Cultura Afro e a Casa do Carnaval que inaugurou no último dia 12 de dezembro de 2012 a exposição:

SE ESSE PÁTIO FALASSE.....
A Exposição está composta por um acervo fotográfico em preto e branco com personagens da década de 40 que frequentavam o espaço, um Álbum Seriado ilustrado com imagens e fragmentos de textos sobre o Pátio, escrito por autores renomados como Gilberto Freyre e Mário Sette, Vídeos com desfiles de Agremiações Carnavalescas, Flabelos, Estandartes, o boneco gigante – Sr. Pedro, juntamente com 100 miniaturas em biscuit de personagens do carnaval de Pernambuco, além de Álbuns Digitais com fotografias de Quadrilhas Juninas e Festivais de Ciranda que movimentaram o espaço na década de 70 é um dos temas que merece destaque como ressalta o historiador Mário Ribeiro, gestor da Casa do Carnaval e responsável em nos presentear com esta maravilhosa coletânea.


Postado por: MARIA ALICE ROCHA

PÁTIO DE SÃO PEDRO: fonte de inspiração!

Ainda sobre as maravilhas do Pátio de São Pedro o poeta, escritor e compositor Romero Amorim que nos deixou aos 74 anos em maio de 2012 escreveu:

Nesse espaço do Recife
Plantaram-se pedras e histórias
Que o velho Pátio segreda
No silêncio da Memória

Nesse Pátio de São Pedro
Ergueram-se dois altares:
Ao vulto do Santo Apóstolo,
Ao Culto pagão dos bares.

Nesse canteiro de pedras
Renascem rosas e raízes
Das culturas populares

Aqui a crença é boêmia
Arte e Magia são gêmeas
Aqui o povo é poesia”


POSTADO POR: MARIA ALICE ROCHA

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

A CASA DO CARNAVAL DIVULGA OS NOMES DOS ESTAGIÁRIOS SELECIONADOS PARA O PAÇO DO FREVO QUE SERÁ INAUGURADO AINDA ESTE ANO 2012.


Na tarde da última terça-feira (13/11), a CASA DO CARNAVAL realizou a última etapa do processo seletivo para os estagiários do PAÇO DO FREVO. Dos 70 candidatos inscritos para a seleção, 43 foram aprovados na primeira etapa (análise dos currículos), passando para a etapa das entrevistas, realizada nos dias 8 e 9 de novembro de 2012. Para a terceira e última etapa do processo (dinâmica de grupo), participaram 25 candidatos, dos quais, apenas 20 foram selecionados para as vagas de estágio. Entre os critérios de avaliação, destacamos: formação acadêmica relacionada ao perfil de trabalho do PAÇO; conhecimento e/ou experiência na área de cultura popular; possuir conhecimento em língua estrangeira (nível conversação intermediário); habilidade de comunicação e interação; disponibilidade para trabalhar 20 horas semanais, incluindo sábados ou domingos como forma complementar. A comissão de seleção foi composta por Zélia Sales (Gerente de Preservação do Patrimônio Cultural Imaterial/ SECULT), Walberto Camará (Professor de Inglês) e pelos técnicos da CASA DO CARNAVAL: Mário Ribeiro (Historiador e Gerente da CASA), Joseísa Pazuello (Coordenadora Pedagógica), Perácio Gondim (Supervisor Pedagógico), Paulo Marques Ferreira (Núcleo de Comunicação) e Romero Araújo (estagiário da área de Turismo). Os novos estagiários deverão comparecer à CASA DO CARNAVAL para as atividades de formação, no período de 26 a 30 de novembro, das 14h às 17 horas, conforme cronograma abaixo:

26/11 História do Recife
27/11 História do Carnaval do Recife (parte 1)
28/11 História do Carnaval do Recife (parte 2)
29/11 História do Frevo 
30/11 O Paço do Frevo: idealização e concretude
04/12 Frevo Música
05/12 Frevo Dança
Visita Guiada ao espaço a combinar

Lista dos Selecionados: 

01
Aline Gizelda Bezerra Gomes
02
Amanda Nunes Silva Andrade
03
Amanda Tenório  Vasconcelos
04
Ana Carina Calixto de Souza
05
André Eduardo Bezerra de Carvalho
06
Bruna Renata Barbosa e Silva
07
Carlos André Barbosa Lima
08
Danielle Soares do Nascimento
09
Gabriel de Moura Cavalcante
10
Joelson Ferreira dos Santos
11
José Rodrigo Marcelino dos  Santos
12
Joseane Figueira de Oliveira  
13
Leandro Pedrosa de Andrade
14
Patrícia Marques de Barros
15
Phillip Wanderson Ferreira 
16
Rayza de Santana Oliveira
17
Rogério Holanda da Silva
18
 Tomaz Carvalho Meira
19
Walter Wagner de Andrade Pereira
20
Waldomiro Bezerra Pereira  Junior

Postado por: MARIA ALICE ROCHA



FORTE ORANGE - ITAMARACÁ/PE - REABRE PARA VISITAÇÃO NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA DIA 19 DE NOVEMBRO DE 2012.





Fechado há dois anos para obras de restauro, o Forte Orange, na Ilha de Itamaracá, no Litoral Norte do estado, enfim, está pronto para ser reaberto nesta próxima segunda-feira (19.11.2012). O monumento histórico ganhou novas telhas, rampas de acesso e passarelas. Parte da estrutura em madeira também foi trocada. O forte reabre as portas ao público retomando seu posto de cartão-postal de Itamaracá, junto às praias. Em plena temporada de verão, a reabertura é sinônimo de programação dupla: praia e cultura num só lugar.

A fortaleza é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) desde 1938, devido à sua importância histórica e relevância arquitetônica. As obras duraram dez meses e custaram R$ 303 mil, recurso oriundo do Ministério da Cultura, repassado ao IPHAN. Cerca de 60% do madeiramento e das telhas foram substituídos. As instalações elétricas e hidráulicas foram trocadas, assim como todas as esquadrias. O local ainda recebeu ações de pintura e descupinização. 

Desde a década de 80, o local não passava por obras de requalificação. “O público merece essa reabertura. É necessário contar essa história”, explicou o superintendente do Iphan no estado, Frederico Almeida. Feita em pedras calcárias brasileiras, a edificação é um importante exemplar da arquitetura militar seiscentista. “A memória tem diversos suportes. Um deles é o patrimônio imaterial. Ao se apropriar de um bem como esse a pessoa conhece a sua história. A restauração aproxima a comunidade”, informou a arquiteta Maria Lopes.


Além da reforma, o destino turístico conta agora, também, com uma rota arquitetônica. A pé, durante 20 minutos, os visitantes podem conhecer as principais áreas da edificação secular, como os quatro baluartes, a praça das armas, guarita, casa de pólvora, capela e os antigos poços. A edificação foi alvo de uma prospecção feita pela UFPE entre 2002 e 2003. O mapeamento foi custeado pela Holanda. “O forte estava fechado, abandonado, mas representa história viva. Nós faremos o resgate da história. A população é beneficiada. Na prática, todos têm a ganhar com as obras de restauro”, acrescentou a responsável pelo Forte Orange, Wilka Mendes.


No piso, placas em concreto revestidas em alumínio contam um pouco da história de cada um dos marcos. As placas são bilíngues (inglês e português) e não estão fixadas ao chão. “Com isso, evitamos perfurações, preservando as características”, disse o design gráfico Aurélio Barreto.(fonte: Diário de Pernambuco de 16.11.2012)

Reabertura do Forte Orange
Visitações públicas: terça a domingo, das 9h às 17h

Com monitoria
Entrada: gratuita
Informações: 3544-1080



Postado por: MARIA ALICE ROCHA



A FLIPORTO EM OLINDA/PE ESTÁ CHEIA DE NOVIDADES INCLUSIVE COM UMA MARAVILHOSA E DIFERENTE  EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA DE MIGUEL IGREJA, PERNAMBUCANO QUE EXPÕE FOTOS SOBRE TELA NUMA CRIATIVIDADE ÍMPAR.







Postado por MARIA ALICE ROCHA

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

SEMINÁRIO KOLOFÉ: mitos, histórias e simbologias


Em comemoração ao Mês da Consciência Negra, a CASA DO CARNAVAL, o Núcleo da Cultura Afro-Brasileira e a Gerência de Formação Cultural realizarão o seminário KOLOFÉ: mitos, histórias e simbologias, nos dias 12, 13, 14 e 19 de novembro de 2012, das 14h às 17 horas, no auditório da Livraria Cultura – Shopping Paço Alfândega. O evento será direcionado a religiosos e pesquisadores das casas de matriz africana; estudantes das áreas de história, ciências sociais, pedagogia, turismo, entre outros interessados pela temática. O seminário terá carga horária total de 16 horas e discutirá, entre outros assuntos, a diáspora africana e a circularidade cultural resultante desse processo; mitos, experiências religiosas, histórias de vidas e a salvaguarda da memória cultural afro-brasileira também estão na pauta dos temas que serão debatidos amplamente durante o evento, sobretudo, nos dias 12, 13 e 19 de novembro. O dia 14, especialmente, está reservado para uma visita técnica no Ilê Axé Oyá Megê / Casa Xambá, no horário da tarde. Os interessados em participar, devem se dirigir ao Núcleo da Cultura Afro-Brasileira, no Pátio de São Pedro, no período de 06 a 08 de novembro de 2012, das 10h às 16 horas. As inscrições são gratuitas.

Vagas Limitadas

INSCRIÇÕES
Período de Inscrições: 06 a 08/11
Local: Núcleo da Cultura Afro-Brasileira – Pátio de São Pedro
Horário: 10h às 16 horas
Informações: 3355-3302/3303/3100/3199

PROGRAMAÇÃO
LOCAL: AUDITÓRIO DA LIVRARIA CULTURA – SHOPPING PAÇO ALFÂNDEGA

DIA 12/11 (segunda-feira)

13h CREDENCIAMENTO

14h - MESA DE ABERTURA
Albemar Araújo – Gerente Operacional de Formação Cultural / FCCR
Claudilene Silva – Gerente do Núcleo da Cultura Afro-Brasileira / SECULT
Zélia Sales – Gerente de Preservação do Patrimônio Cultural Imaterial / SECULT
 

14h30 - MESA TEMÁTICA: Experiências Compartilhadas: histórias, cotidiano e cultura dos africanos e seus descendentes

Palestrantes
Gustavo Manoel da Silva – Historiador e Professor Mestrando em História Social da Cultura / UFRPE
Mário Ribeiro – Historiador e Professor Doutorando em História / UFPE
Mediadora: Claudilene Silva – Professora Doutoranda em Educação / UFPE

15h30 - Exibição do Documentário Atlântico Negro: na rota dos orixás
16h30- Plenária
17h - Encerramento

DIA 13/11 (terça-feira)

14h - MESA TEMÁTICA: Um legado e muitas histórias: oralidade, ancestralidade e salvaguarda de culturas milenares nas casas de matriz africana 

Palestrantes
Mãe Lu de Oxalá – Ilê Axé Oxum Opará / Afoxé Ará Odé
Lourdinha de Oyá- Yabá do Ilê Axé Oyá Megê / Centro Espírita Santa Bárbara (Nação Xambá)
Albemar Araújo –Ojuwobá de Xangô do terreiro de Umbanda, Jurema e Nagô Pai Francisco

16h- Plenária
17h - Encerramento

DIA 14/11 (quarta-feira)

Visita Técnica ao Memorial Severina Paraíso da Silva (Mãe Biu)
Palestra com Hildo Leal – historiador e responsável pelo Memorial

Local de concentração: Livraria Cultura
Horário de saída e chegada: 14h / 17 horas

DIA 19/11 (segunda-feira)

14h – Mesa Redonda com todos os palestrantes e intervenções da plenária
16h30 – Entrega dos certificados
17h - Encerramento



POR: Maria Alice 

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Dia do Frevo de Bloco

Em Recife o Frevo de Bloco é comemorado todo dia 1º de novembro, diferente de nossa cidade vizinha Olinda, que comemora dia 6 de setembro.


Por: Maria Alice Rocha 

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

CONVENTO DE SÃO FRANCISCO DE OLINDA (SÉCULOS XVII a XVIII)




Um dos mais importantes monumentos barrocos brasileiros e o conjunto arquitetônico denominado de Convento de São Francisco de Olinda, obra dos séculos XVII ao XVIII.

Na parte da frente do templo, há um grande e artístico cruzeiro de pedra e, em seu interior, existem belos painéis de azulejos, representando a vida de Nossa Senhora. A portaria e o claustro encontram-se decorados, respectivamente, com seis azulejos sobre a vida de Santa Ana, e dezesseis painéis, a respeito da vida de São Francisco.




Postado por Jonathan Garcia

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Município de Exu - Terra natal de Luiz Gonzaga



O município de Exu é composto pelo distrito sede e pelos povoados de Tabocas, Timorante, Viração, Zé Gomes, Fazenda Araripe, Gameleira, Pamonhas, Paus Grandes, Posto da Serra, São Bento, sítio Onças, sítio Cacimbas e Tabocas de Cima.
O padroeiro da cidade é Senhor do Bom Jesus dos Aflitos.
Exu é conhecida por ser a terra natal de Luiz Gonzaga.

Principais pontos turísticos


- A principal parada na cidade, (na antiga fazenda de Luiz Gonzaga), onde estão o Museu e Mausoléu do Gonzagão. No museu pode-se ver um extenso acervo fotográfico, o famoso fole de ouro, peças de vestuário, entre outras coisas.

Santuário Ecológico do Cantarino : turismo ecológico é outro atrativo da cidade, que tem como atração, com um cenário de beleza rara, os visitantes podem apreciar árvores centenárias e belíssimas cachoeiras.



Postado por Jonathan Garcia


Cidade de Ouricuri/PE



Historia de Ouricuri

Ouricuri foi elevada à categoria de cidade em maio de 1903. Sua fundação, no entanto, é datada de 1939, quando o juiz de direito da Comarca da Boa Vista, Alexandre Bernardino Reis, se transferiu para o local fugindo de uma epidemia de febre, chamada na época de Carneirada. Em 1841 foi erguida uma capela em homenagem a São Sebastião, dando início ao povoamento. Transformada em município autônomo em 1893, Ouricuri teve como primeiro prefeito o tenente-coronel Elias Gomes de Souza. O município é formado pelos distritos sede, Barra de São Pedro e Santa Filomena.

Atrativos turísticos de Ouricuri

- Dentre os principais festejos populares de Ouricuri destacam-se o Carnaval e a festa da Exalação da Santa Cruz. Esses eventos são animados pelos diversos grupos folclóricos existentes na cidade, que levam a moradores e turistas a beleza de espetáculos como a Dança de São Gonçalo e o Bumba-meu-boi.

- Outra atração do município é a sua vaquejada, festa ideal para quem quer conhecer um pouco mais da cultura nordestina. Durante o evento, inúmeras barraquinhas comercializam o artesanato produzido na cidade, como panelas de barro e de sandálias de corda.



Postado por Jonathan Garcia

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Museu Sonho de Criança - Gravata



O museu Sonho de Criança se encontra disponível para a visitação pública, la encontramos uma locomotiva datada de 1916 movida à lenha exposta numa replica da estação ferroviária de Gravatá. O glamour dos detalhes de 1960 é visto em ícones de um posto de combustível TEXACO. Para quem gosta de aventura e guerra também é possível apreciar veículos militares e até mesmo um tanque de guerra que pesa mais de 20  toneladas com um canhão com 90mm.

O Museu Sonho Criança de  está localizado na Avenida 15 de Novembro, s/n/, N. Srª das Graças (próximo ao Posto Petur). Reúne a coleção de carros antigos do empresário José Ferreira. Horário de Visitação deve ser agendado durante o dia.




Postado por Jonathan Garcia

Município de Custodia



Historia de Custodia

O municipio de Custódia foi criado com sede no povoado de Quitimbu e só depois transferido para o de Custódia. Em 1828 foi elevado à categoria de município autônomo pela Lei estadual nº 1.931, de 11 de setembro. O antigo povoado, antes habitado por índios das aldeias de Serra Negra, foi ocupado pelo Coronel Luiz de Melo, no século 18.  O nome Custódia foi dado pelos jesuítas em homenagem a uma senhora de nome D. Custódia. Os religiosos instalaram-se por algum tempo no local, onde construíram uma capela.


Principais atrativos turísticos

Custódia possui vários atrativos turístico, como o artesanato, com maior destaque para os trabalhos em couro e cerâmica figurativa. A feira popular é um interessante atrativo, lá se reúnem variados itens, desde produtos alimentícios até utensílios domésticos e vestimentas. 

Outros eventos de Custodia

- Custofolia (o carvaval fora de época do município): Ocorre sempre nas férias. É um evento recente, como quase 10 anos de existência, mas que parece ter agrado os habitantes do município. Percorre a Avenida Inocêncio Lima, passando pelos bairros da Rodoviária e do Centro, até chegar á Praça Padre Leão. Destaque para os blocos: Kanibal, Pileque e Tô a Tôa.

- Festa de São José: É a principal festa do município e todos os anos reúne uma multidão na Praça Padre Leão, no Centro da Cidade. Além da tradicional novena que acontece na Igreja Matriz de São José, destacam-se os shows com atrações regionais e algumas atrações nacionais.

- Festa folclórica: Depois da Festa de São José, é a festa mais tradicional do município. De uns anos para cá, vem perdendo espaço e importância, devido a falta de interesse e investimento por parte dos governantes locais. Mesmo assim, ainda acontece no Colégio Municipal Ernesto Queiroz, no Rua Major Esperidião de Sá, no Centro.





Postado por Jonathan Garcia


segunda-feira, 24 de setembro de 2012

EDIFÍCIO ACAIACA














Postado por Givonaldo Tavares




EDIFÍCIO ACAIACA

Tem vista em frente ao Mar da excelente praia de Boa Viagem a mais badalada do Recife, residencial construído em 1958, pelo arquiteto Pernambucano, Delfim Amorim; onde a classe média passou então a explorar um novo local de moradia. É desta época o fortalecimento do bairro, antes visto como local de veraneio, que começou, então, a virar point. O bairro não tinha, à época, o mesmo valor proporcional do metro quadrado de hoje. Atualmente, na Avenida Boa Viagem, área mais nobre do local, nos novos empreendimentos.
Hoje é um ícone da arquitetura moderna e referencia na Avenida Boa Viagem, com uma vista estendida, para aquelas pessoas que circulam e visitam nossa cidade sem a menor pressa, nas imediações do posto 9 da praia de Boa viagem.
Entre as décadas de 1950 e 1970, dividia-se entre moradia e opção de veraneio, para a classe média. Foi nos meados da metade do século passado que surgiu um dos maiores símbolos arquitetônicos recifenses, o edifício Acaiaca, utilizado até hoje como marco. Aqui também se concentra os maiores números de banhistas nos finais de semana, os festejos de ReveiIIon do Recife, atrações de verão, que agradam ao publico recifense. Mas a frente a praia do pina, que é um local também bastante movimentado, também na zona sul.
Se o edifício serve de moradia e referência para os jovens do século XXI, entre os anos 1950 e 1960 o local era palco de badalação e encontro da chamada “juventude dourada”, representada pelos mais abastados. No meio desse grupo estar a dona de casa Sosia Berenstein, moradora do Acaiaca há 34 anos. “Eu não troco esse prédio por lugar nenhum”diz.  
Além da localização e da vista do mar de Boa Viagem, Sosia destaca o tamanho dos apartamentos como um diferencial do edifício. “Nesse modelo mais antigo de prédio, a gente conseguia encontrar apartamentos maiores, com que eu me identifico mais, sentindo-me mais à vontade”, explica. As unidades do Acaiaca possuem entre as opções apartamentos de 100 e 195 metros quadrados (m2). 





terça-feira, 18 de setembro de 2012

Igrejinha de Nossa Senhora da B. Viagem

   












                  Postado  por Givonaldo Tavares

A Igrejinha de Nossa Senhora da Boa Viagem foi criada no século XVII, cuja construção  terminou  em aproximadamente 1932, foi construída em estilo de arquitetura colonial; Hoje compõem de novos vitrais de grande beleza e seu estilo de alto-mor e é toda detalhada em mármore de carrara, bem nas margens da praia na Av. Boa Viagem, próximo a pracinha  outro ponto turístico bem visitado.
Sendo um bairro de veraneio e em devoção aos os pescadores que habitavam entre  o pequeno povoado naquela época, em razão de sua devoção foi dedicada a capelinha de Nossa Senhora da B. Viagem  hoje chamada de igreja.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Amaraji - PE


Cachoeira do Rio Morto (Foto 1)

Amaraji é um município rico turisticamente com atrativos ecológicos como a Cachoeira do Rio Morto (foto 1), além de pontos históricos. Amaraji é uma palavra de origem Tupi (Ama quer dizer água do céu ou chuva e raji, abundantes). Ou seja, o município é repleto de atrações aquáticas naturais para todos os gostos. É um autêntico manancial de olhos d`água, onde emanam filetes e afluentes que resultam na criação de pequenas praias fluviais e cachoeiras como a do Engenho Garra, das Guaribas e do Engenho Animoso. A cidade ainda conta com um parque aquático com piscinas, bares, restaurantes e passeios a cavalo.

Postado por Jonathan Garcia

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

peixe-boi em Itamaracá




Localizado na Praia do Forte, na famosa Ilha de Itamaracá fica a sede nacional do Projeto Peixe-boi, apesar de não ser muito visitado por turistas atualmente, tem grande potencial, no que tange aspectos para o turismo local.
O projeto conta com  um centro de preservação de mamíferos aquáticos aberto a visitação. Lá o turista encontra um pequeno museu arqueológico com esqueletos de peixe-boi, golfinhos e baleias, painéis ilustrativos e réplicas dos mamíferos aquáticos. Além do museu, há um cinema em formato de peixe-boi onde é exibido um documentário e, o principal atrativo, os tanques onde ficam os enormes e dóceis animais. O centro recebe baixo fluxo de turista, contudo é constante as excursões escolares que movimentam a sede do projeto.


Postado por Jonathan Garcia

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

A experiência cultural da Bomba do Hemeterio


Com uma população de 12 mil habitantes, a comunidade da Bomba do Hemetério, localizada na zona norte do Recife, reúne um conjunto de carências típicas das periferias dos grandes centros urbanos.  Considerada um dos berços culturais da cidade, com 56 das agremiações carnavalescas mais antigas e tradicionais de Pernambuco, a comunidade aposta na criação de roteiros culturais capazes de levar renda e inclusão social para dentro do bairro. O mote é o Circuito Bomba Cultural, que oferece aos turistas visitas estruturadas às agremiações da comunidade, com foco na cultura de raiz e nos saberes dos mestres locais. O circuito será um dos 12 territórios da cidade priorizados pela prefeitura para a promoção do turismo na Copa.
Na Bomba estão grupos como o Maracatu Nação Elefante (de 1800), a Tribo Canindé do Recife (1897), o Maracatu Nação Estrela Brilhante (1906) e a Troça Carnavalesca Mista Abanadores do Arruda (1934), além do Gigante do Samba (1942), o Boi Teimozo (1946) e o Reisado Imperial (1951).

Postado por Jonathan Garcia 

Lajedo - PE



HISTÓRIA DA CIDADE

Lajedo é a cidade mais jovem da região do Agreste. A história da cidade começou em 1852 quando Vicente Ferreira instalou-se com a família e seus escravos na fazenda Cágado, dando origem ao povoado de Santo Antônio de Lajeiro.
Em 1902, o povoamento foi elevado à categoria de vila, tornando-se distrito da Canhotinho. Só em 1948 o município foi criado.
A padroeira da cidade é Nossa Senhora da Apresentação.
Administrativamente é formado pelo distrito sede e pelos povoados de Cantinho, Quatis, Pau Ferro, Santa Luzia, Olho D´água dos Pombos, Agrovila Rural do Coste Mutirão e Salobro.


Significado do Nome

Seu nome deriva dos muitos lajeiros existentes nas suas proximidades, que servem para abastecer de água a população.


Atrativos Turisticos


  • Mão Acolhedora ( Foto da postagem)

Atrativos Naturais
Lajedo é uma cidade cercada de encantos e surpresas. Além de seus atrativos naturais, como quedas dágua e bicas, o município possui engenhos do século XVIII e uma cultura popular diversificada.





Postado por Jonathan Garcia

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Toritama-PE














Postado por Givonaldo tavares


SOBRE A CIDADE DE TORITAMA-PE
Toritama é um município brasileiro do estado de Pernambuco; A cidade fica a uma distancia de  aproximadamente de170Km da capital Recife. Localizada no Agreste pernambucano, é integrante do pólo de confecção mais conhecido Pais; Administrativamente, o município é formado pelo distrito sede e pelo povoado de Cacimbas tinha anteriormente, a denominação de "Torres" e constituía um distrito do Município de Vertentes e instalados em 19 de dezembro de1924. A denominação de Toritama surgiu em 23 de maio de 1954. Anualmente, no dia 30 de dezembro comemora-se a sua emancipação política. O Parque das feiras é um dos mais importantes pólos comerciais de moda do agreste de Pernambuco, é um complexo de nove hecitares que comporta mais 1500 boxes/ lojas,ainda possui praça de alimentação e estacionamento para mais de 4 mil carros.O parque das feiras está localizado na BR-104(km30) e foi inaugurado em 2001, passando por diversas reformas.
As confecções são de excelente qualidade. Popular, mas com diferença de preço de até dez vezes, a depender do local da revenda. Justa, larga, envelhecida, blue jeans, com trabalho no brilho, para homens, mulheres, meninos, meninas. Em Toritama, no Agreste de Pernambuco, uma compra de jeans pode ser feita nos tabuleiros das feiras, nos abarrotados corredores do Parque das Feiras ou ainda nas boutiques, talvez com uma nova etiqueta e valendo bem mais. Nas ruas dos municípios vizinhos de Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe, a oferta também é diversificada.
Os estilista recifenses da região  mais renomados do mercado de confecção pernambucano.Diz: “A moda que circula aqui em Toritama é a do mundo", . Mas ainda há aceitação do público, que, segundo os estilistas, dá espaço para uma regionalização do que se produz na região. "Não vejo identidade, apenas qualidade de lavanderia.
A história do mercado da moda em Toritama começou em meio a uma crise da fabricação de calçados. Como era tudo muito artesanal, ainda na década de 70, com a chegada de novas tecnologias, como as versões emborrachadas, a força daqueles produtos foi se esvaindo.
"Bênção de Deus"
“Acho que foi uma bênção de Deus", diz o Pesquisador da FAFIRE; Givonaldo Tavares que a poucos dias visitou e  que acredita que nada é por acaso na região. "Parece um casamento entre os municípios. Se aqui o jeans é forte, em Santa Cruz do Capibaribe o peso da produção está nos biquínis e nos lingeries, entre outras coisas. Nesse mercado, há uma grande harmonia com os pequenos fabricantes. Nas famosas e agitadas terças-feiras, dia mais importante da feira.